domingo, 1 de fevereiro de 2009

DE PASSAGEM


ESTOU SOMBRA PROJECTADA

EMUDECIDA ECLIPSADA

SOU DIMENSÃO DE MIM

UM TODO RUMO A NADA

TENHO CERTEZA DO BRILHO

NA NOITE PÓS-OCASO

SOU LEMBRANÇA DE MIM

NUM CORPO FEITO ESTRADA

E TU QUEM ÉS?

A CERTEZA QUE VOU?

TESTEMUNHA PASSAGEIRA?

OU O PROLONGAMENTO DA SOMBRA QUE SOU?

NÃO SEI...

SEI SIM , É QUE NUNCA FUI

SEM O TEU OLHAR VIGILANTE EM MIM...

E NA DESAPARECIDA MADRUGADA

QUANDO OS TEUS OLHOS CANSADOS

FITARÃO O INFINITO

ESTAREI AO TEU LADO

SOMBRA DE MIM EM TI MORRENDO.


abraço do vale momentâneamente com net... ainda vai demorar

13 comentários:

Ana Tapadas disse...

Excelente!
Um beijinho e bom Domingo

kinaxixi disse...

Aleluia!! Chegou a internet.

um abraço

fotógrafa disse...

Estás de passagem, mas não faz mal...
cá andarei de vez enquando a espreitar, quando apareceres diáriamente escrevendo,falando e vendo...apesar do vendaval!!!
abraço para o Duarte no vale...

monge disse...

olá companheiro

que bons olhos te leiam ...
o intuito de uma caçada levou-me a uma pequena incursão pelo vale, mas sempre de volta do borralho porque a chuva incómoda não permitiu o pensamento para a saída
"sou lembrança de mim/num corpo feito estrada", gostei especialmente, lembra-me um pouco dos nossos percursos

continua, abraço

monge

Zorze disse...

Fazes falta à blogosfera.

Abraço,
Zorze

utopia das palavras disse...

Então? Bem vindo... nem que seja por momentos.

Bonita reflexão de ti! Gostei muito!

Beijos

samuel disse...

Mesmo assim, nos intervalos, vale a pena! :-)

Abraço

São disse...

Muito, muito bom!
Excelente semana.

poesianopopular disse...

Duarte
Cá estamos intermitentes , mas vivos quanto baste!
Abraço companheiro!

Dona Sra. Urtigão disse...

Linda poesia.
(ia deixando, como sempre, meu "mas", minhas restriçoes ao tema e retirei. Que direito tenho de discordar do que esta belo)

Anónimo disse...

É uma bela foto, mas o poema nem tanto...

Ana Tapadas disse...

Amigo do Vale! Aqui da planície aguardo novo post teu!
Obrigada pela visita...temos que acreditar num dia melhor!
Bijinho

Anónimo disse...

Minto:o poema está bom e a foto ilustra-o bem!Não o li bem da primeira vez.Só não partilho os mesmos ideais.A minha filosofia é esta:mudar o nosso interior antes de querer mudar o mundo!