domingo, 30 de novembro de 2008

DIA DE CAÇA

Porque hoje é domingo,acordei com o som das espingardas as estoirar,pensei logo: porra começaram a revolução sem mim... passado umas décimas de segundo,caí em mim...
hoje é dia de caça.
Que injenuidade me atacou, ao pensar que os descontentes tinham finalmente saído à rua?
E alias, qual descontentamento?
ainda não chegamos aí... a crise é demasiadamente ténue. talvez por a globalização ter falhado?
ou talvez por ainda não se sentirem os efeitos desta?
Outro cartucho estoirado...em vão! que falta de pontaria!...já não vou para o campo,não vá um
chumbo colateral furar-me!
Enquanto ums estoiram em vão, vou sacar ums piões com a zundap 3 e treinar a palavra TCHITCHA!!
Vivo neste pequeno paraíso terrestre, onde por vezes m'encanto com a simplicidade das coisas,
e outras vezes m'entristeço com o "deixa lá, eles qu'se fodam, são todos iguais!"....ou coisas piores ainda"havia de vir outro salazar!"... tanta fome passou esta gentinha!
Mais um estoiro...ao lado...mais uma vez!
Eu bem tento, dizer-lhes com calma(para algums) para onde devem apontar as suas armas, onde se deve ir alojar o chumbo... mas nada...estão com a fome saciada, por isso, nada feito!
POIS QUE SE APROFUNDE A CRISE! PARA VER SE HÁ ESTOMAGO!

8 comentários:

fotógrafa disse...

O que parece, é que nada de fome, nada de descontentamento, nada de crise...
até porque continua a haver dinheiro para fins de semana prolongados...férias no estrangeiro...e na neve... dinheiro para desportos quase que inuteis(pelo menos para mim) como este de andar aos tiritos aos pobres dos bichos que só querem sobreviver...
assim vai este nosso Portugal... pobretes...mas alegretes!!!
...e olha que ouço muitas vezes essas falas:
O que faz cá falta é um novo salazar...!!!
isto sim, é saudozismo do caraças!!!
acho que algumas pessoas tem a memória curta...
obrigada pelas visitas todas...és um amigo porreirinho...rsrsrs
abraço

marreta disse...

Por aqui também acordei com uns estoiros, mas era dos trovões. Por momentos, meio estrebuchado, ainda pensei que fossem canhões e que finalmente esta merda ia ser arrasada, mas não.
Dei meia volta na almofada e ronquei até ao 1/2 dia.

Saudações do Marreta.

duarte disse...

fotagrafa
não sou apreciador desse "desporto",como pudeste ler.
e fico grato pelas tuas visita.
abraços

marreta
ola.eheheh! já se pedem canhões?
eh pá...da maneira que isto vai...só mesmo assim!
abraço.

lagartinha disse...

Bebe um Vat 69 que isso passa...ou 3, ou 4 ou 5 ou até não perceberes bem a mensagem que lês e fica tudo muito mais giro....

duarte disse...

olá lagartinha
eu bem bebia...mas na posso...problemas de saúde.
mas que apetece lá isso apetece.
obrigado pela visita.

fotógrafa disse...

Cheguei com o frio,o vento e a chuva,
Bateu a saudade,
E fiquei mais amiga que nunca…

Abraço e bom feriado!

São disse...

Revolução, meu caro?...e com tiros?! Já reparou que ninguém foi julgado nem condenado?
Ingenuidade, sim, acreditar-se que somos capazes de ir até ao fim.
Excelente semana para si e para os seus.

duarte disse...

fotogafa
a minha presença sera sempre...
como amigo,que tento sempre ser.
amistosos abraços

são
é por isso que não há estio nem sede...
a minha ingenuidade vai-me mantendo esperançoso num amanhã melhor.
para si tb.